BOAS PRÁTICAS

Da Portugal Wiki

Índice

Boas Práticas

Iniciativas referidas no “Mapa de Boas Práticas – Acolhimento e Integração dos Imigrantes em Portugal” (55 iniciativas directa (20) ou indirectamente (35) relacionadas com a integração dos imigrantes na área da saúde) , distribuídas por cinco categorias:

a) adaptações e procedimentos internos implementados pelas instituições de saúde, com o intuito de satisfazer as necessidades específicas dos imigrantes;

b) reconhecimento das qualificações dos migrantes enquanto profissionais de saúde e consecutiva integração no mercado de trabalho;

c) carácter predominantemente informativo;

d) saúde mental dos migrantes;

e) acesso imediato e prestação de cuidados de saúde aos migrantes.


Comunicação com os Imigrantes - Hospital de Santo André, em Leiria
Communication with Immigrants - Hospital de Santo André, in Leiria

Desde 2000, o Hospital de Santo André, em Leiria, desenvolve esforços para melhorar a comunicação entre os profissionais da instituição hospitalar e os imigrantes que a ela recorrem, de modo a que estes últimos possam participar activamente no seu processo de tratamento/reabilitação. A população imigrante representa cerca de 3% dos utentes deste hospital.

O objectivo do hospital é reunir competências que promovam a melhoria das interrelações entre profissionais de saúde e as comunidades imigrantes, colaborando na integração destas populações através do seu adequado acolhimento, tratamento, reabilitação e encaminhamento após a alta. Para tal, foi criada uma bolsa de tradutores e disponibilizada informação na área da saúde e da legislação neste domínio, traduzida em diversas línguas.

Este é um dos projectos que consta do Mapa de Boas Práticas: Acolhimento e Integração de Imigrantes em Portugal.

Guichet de Migrantes - Centro de Saúde de Vale de Cambra
Migrant Attendance Point - Health Center of Vale de Cambra

Desde Julho de 2007, o Centro de Saúde de Vale de Cambra desenvolve uma iniciativa para acolher e integrar os migrantes (emigrantes e imigrantes) que se dirigem ao Centro de Saúde: o Guichet de Migrantes.

Está a ser elaborado um manual para migrantes, estando a tradução de um folheto com informação básica a ser feita para e por migrantes locais. O Guichet de Migrantes pretende que quando os utentes se dirijam pela primeira vez ao Centro de Saúde acedam a um atendimento personalizado, onde possam receber respostas para as suas questões.

Este é um dos projectos que consta do Mapa de Boas Práticas: Acolhimento e Integração de Imigrantes em Portugal.

Procedimentos de Acolhimento e Integração de Imigrantes em Portugal - Centro Hospitalar Cova da Beira
Procedures for Reception and Integration of Immigrants in Portugal - Hospital Cova da Beira

O Centro Hospitalar Cova da Beira, localizado na Covilhã, implemanta, desde Dezembro de 2005 um conjunto de procedimentos para integrar e acolher os seus utentes imigrantes.

No que respeita aos profissionais de saúde é difundida informação por e-mail, publicação na intranet da instituição, acções de formação e nos manuais de acolhimento de novos colaboradores.

No que respeita aos utentes foram desenvolvidos procedimentos que visam:

“1) Divulgar as diversas formas existentes no hospital para conhecimento dos doentes e familiares sobre os serviços disponíveis na instituição;

2) Assegurar os direitos e deveres dos doentes e suas famílias (Guia dos Direitos do Doente em espanhol, inglês, francês e português);

3) Normalizar o procedimento para diminuição das barreiras linguísticas, culturais e outras, no acesso e prestação de serviços;

4) Proporcionar ao doente/utente a possibilidade de ser acompanhado pelo seu responsável de culto no CHCB, podendo ser no quarto, na capela, ou em outro lugar reservado, que esteja disponível e o utente pretenda;

5) Proporcionar ao doente/utente serviços de tradução/interprete (podendo através das embaixadas fazer qualquer tradução), bem como o contacto com as embaixadas/consulados, por forma a que seja possível um adequado acompanhamento do utente imigrante, durante a sua permanência na instituição e após a sua saída do Hospital.”

Este é um dos projectos que consta do Mapa de Boas Práticas: Acolhimento e Integração de Imigrantes em Portugal.

Tradução de Documentos Informativos para Imigrantes (Saúde Materna e Infantil)
Translation of Informational Documents for Immigrants (Maternal and Child Health)

1. Centro de Saúde de Sintra

O Centro de Saúde de Sintra desenvolve, desde Abril de 2007, um programa que pretende melhorar a acessibilidade dos pais, mães, grávidas e crianças imigrantes aos cuidados primários, nomeadamente à Saúde Materna e Infantil. Para tal, em colaboração com o ACIDI, serão traduzidos vários folhetos informativos, no âmbito da Saúde Materna e Infantil, para disponibilizar aos utentes imigrantes.

Este é um dos projectos que consta do Mapa de Boas Práticas: Acolhimento e Integração de Imigrantes em Portugal.


2. Maternidade Alfredo da Costa

A Maternidade Alfredo da Costa produziu um Manual de Entendimento Dirigido às utentes dos Internamentos de Puerpério nas seguintes línguas: Português/Russo; Português/Romeno; Português/Inglês; Português/Árabe. Pode Aceder aos Manuais Aqui


Outras iniciativas inventariadas

Gabinete de Saúde do Centro Nacional de Apoio ao Imigrante – ACIDI

Roteiro da Saúde para Imigrantes – Santa Casa da Misericórdia

Associação AJPAS

Associação PROSAUDESC

Projectos “Noite Saudável” e “Bairro Feliz” – Médicos do Mundo

Rede Europeia “Hospitais Amigos dos Migrantes” – Ministério da Saúde


Pode ver Artigos sobre "Boas Práticas" (PDF) aqui

Ferramentas pessoais